Recentemente, abordei aqui no blog a temática do enfrentamento das emoções. Hoje, vamos falar sobre os sentimentos indesejáveis que insistem em bater na nossa porta. Segundo a Psicologia, os sentimentos costumam ser percebidos de maneira mais longa, além de serem uma resposta subjetiva às emoções.

Os sentimentos existem para definir nosso ponto de vista e constituir a forma como nos relacionamos com o ambiente e com as pessoas. É através dessas impressões que nos expressamos e nos comunicamos com o mundo. É com o sentimento que desenvolvemos a empatia, por exemplo.

Porém, ao entrar em contato com sentimentos que nos trazem impressões ruins, a tendência é a fuga ou suprimir o que estamos sentindo. Ambas as opções são ruins e apenas pioram o problema. Não há como ignorar ou fugir do que consideramos ruim a vida toda, por isso o ideal é aprender a lidar com o que acontece em nossa mente.

Os sentimentos negativos geram desconforto e mostram que algo está errado. Por exemplo: tristeza, raiva, medo, hostilidade, desespero, frustração, ódio, falha e ciúme. Por vezes, os indivíduos se sentem culpados por experimentarem esses sentimentos. Lembre-se: todos nós sentimos oscilações boas e ruins.

É importante conhecer e compreender como funcionamos, para que os sentimentos não o adoeçam. Veja algumas dicas abaixo!

Identifique seus gatilhos: entenda quais situações desencadeiam cada sentimento em você e trabalhe na resolução desse obstáculo. Por exemplo, o ciúme pode estar ligado a um quadro de trauma no relacionamento amoroso ou uma insegurança em se relacionar. E, consequentemente, você pode se sentir frustrado, inclusive exigindo e cobrando demais de si mesmo, atrapalhando novos relacionamentos.

Note as repetições: como no exemplo acima, temos situações que costumamos repetir e nos trazem dor na vida pessoal e na profissional. Um verdadeiro ciclo vicioso. Abra espaço para cuidar!

Você não precisa sofrer sozinho: o terapeuta saberá indicar qual o melhor caminho para você desenvolver o autoconhecimento e dominar seus sentimentos com êxito. Nesse caso, recomendo muito a hipnoterapia, é uma técnica que oferece muitos resultados. Cuide de você!

Inclua o seu corpo nesse cuidado também: pratique atividade física, a liberação de hormônios durante os exercícios provoca uma sensação de bem-estar e relaxamento, dessa forma, pode direcionar suas cargas negativas no treino. Assim, ajudando a construir um todo mais forte e equilibrado!

 

 

 

Compartilhar: